Idolatria, imagem de escultura Você acredita em imagens de escutura? Será que elas ouvem suas orações? Descubra aqui!

| H o m e | M i n i s t é r i o | P a s t o r | C u l t o s | P e d i d o . de . o r a ç ã o | C o n t a t o s
João 14:6 | Jesus disse: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida." Envie um e-mail para o Pastor Sérgio Adicione esta página no seu Favoritos

Menu

Clique e leia mais de 200 estudos bíblicos








ATOS DOS APÓSTOLOS / CAP. 8

ATOS 8: 1 – Surgi Saulo, aparentemente um home do mal alguém que perseguia maltratava e mandava prender os cristãos. Se a história de Saulo, que passou a ser Paulo não estivesse na Bíblia e se a Bíblia não relatasse a conversão de Saulo para Paulo, você olharia para ele com bons olhos? Você imaginaria que Saulo poderia se converter? Se você fosse Deus chamaria Saulo para sua obra? Quantos Saulos existem por ai, quantos estão no crime, na violência nos prostíbulos da vida que aos nossos olhos jamais se converterão. Olhamos para estes que estão na marginalidade e dizemos: - Deste ai não vem nada que preste João 1: 43 – 46; Rm. 2: 1.

Ainda bem que Deus não vê como nós, Deus não olha com os nossos olhos I Sm. 16: 7. Neste tempo Satanás se levantou com grande fúria contra a igreja do Senhor Ap. 12: 1–17 aproveitando os interesses políticos e religiosos da época passaram a usar a todos os que tinham interesse em calar a boca dos discípulos, apóstolos e cristãos da época, entre estes estava Saulo Atos 9: 1 e 2.

Devemos ser vigilantes estar continuamente policiando nossas vidas com respeito à maneira de agir, pois Satanás pode vir a tirar proveito da nossa cegueira espiritual I Pd. 5: 8; Mt. 16: 20 – 23. A nossa boa vontade e o nosso interesse pelo bem e o zelo para com as coisas de Deus tudo isto pode ser usado por Satanás em seu favor, e em busca de seu interesse. E através das nossas vidas nos levarem a praticar a suas obras fazendo com que venhamos a acreditar que estamos agradando a Deus. Por isto devemos vigiar o nosso zelo pela perfeição Fp. 3: 6ª; Ec. 7: 16.

Devemos buscar o que é perfeito, mas devemos lembrar que ninguém perfeito Rm. 3: 9 e 10; Ez. 21: 24. Devemos ser zelosos pelas obras, mas temos que entender que ninguém é justificado pelas obras Rm. 4: 1 – 8; II Co. 12: 9. As nossas experiências com a santidade com a perfeição não deve servir como base para cobrar perfeição, santidade e obras nos outros.  Os nossos testemunhos sempre será a base para a conversão e mudanças de outros Mt. 5: 13 – 16. Devemos sempre lembrar e nunca esquecer “O amor tem que prevalecer” I Co. 13: 4 – 7; Rm. 13: 8.
Embora esta fúria de Satanás trouxesse dor e sofrimento para os cristãos da época, iria contribuir para cumprir a profecia do Senhor – Expandir o Evangelho atingir outros lugares.
 Atos 1: 8; Mc. 16: 15.

ATOS 8: 2 – 5: Enquanto Estevão era enterrado Saulo com grande fúria, movido por Satanás acreditando que estava agradando a Deus torturava, oprimia e prendia os cristãos.
Satanás acreditava que com a morte de Estevão ele iria calar o povo de Deus e parar a obra. Mas como ele estava enganado, Deus já tinha um substituto para Estevão, Felipe, o povo só não se calaria como iria atingir outros lugares.
A obra de Deus é assim mesmo quanto mais se tenta acabar com ela, mais ela cresce. O Reino de Deus é para crescer, é para atingir toda a Terra Lc. 13: 18 – 21 e ninguém podem impedir Isaias 43: 12 e 13.
Parecem que pregar a Cristo era a única mensagem da Igreja Apostólica Atos 8: 5; I Co. 2: 2 – 5; Atos 4: 11 e 12. A pergunta é: - Porque a igreja de hoje prega tão pouco sobre Cristo, prega-se tudo, fala-se de tudo, usa-se a psicologia, teologia e ideologia, mas não se usa a Cristologia João 6: 60 – 68; Fp. 2: 9 – 11.
Aqui podemos ver um grande mover de Deus, onde tem mover de Deus Cristo é o centro da pregação

ATOS 8: 6 – 8: A pregação centralizada em Cristo acompanhada dos sinais prende a atenção do ouvinte, trás conversão alegria. Quando Cristo é o centro do culto com certeza o Espírito Santo trará alegria à igreja. Sl. 122: 1; Sl. 126: 3.
Samaria, lugar pobre e idolatra reduto de Satanás
II Reis 17: 24 – 41; Mt. 10: 1–5 isto deixa para nós um ensino que é nos lugares controlados por principados e potestades que devemos levar Cristo, é nestes lugares que vamos ver pessoas oprimidas pelo diabo e que vamos ter as maiores experiência com o poder de Deus ao libertar vidas pelo nome de Jesus. Mt. 16: 18; I Co. 1: 18 – 24; Atos 8: 6 – 8.

ATOS 8: 9 – 13: Não é objetivo de este estudo analisar o pensamento de Deus e da Bíblia a respeito das artes mágicas ou dos mágicos, mas o nosso objetivo é mostrar o pensamento da Igreja Apostólica a respeito da missão que Jesus entregou para os Apóstolos Mc. 16: 15 – 18; Atos 1: 8. Entendemos que os mágicos, bruxos, feiticeiros e idolatras são perdidos como qualquer outro, portanto como qualquer outro pecador precisa de Cristo João 3: 14 – 18; Mt. 11: 28.
Quando a pregação é centralizada em Cristo ela atinge qualquer tipo de pecador sem exceção. Rm. 3: 22; Rm. 8: 12, por isso a importância de pregar Cristo Jesus. I Co. 1: 18 – 23.

ATOS 8: 14 – 17: A igreja em Jerusalém acompanhava os acontecimentos, os cristãos foram espalhados, foram pregar em lugares distantes, mas não foram abandonados pela igreja de Jerusalém. E quantos missionários estão hoje em lugares distantes esquecidos pelas igrejas que os enviaram. Is. 49: 15,16  
Entendemos que Felipe estava fazendo uma grande obra trazendo alegria para as multidões expulsando demônios, curando enfermos e fazendo sinais e prodígios Atos 8: 5 – 8. Mas a autoridade maior era dos Apóstolos da Igreja de Jerusalém, portanto tinha coisas que mesmo com toda a unção que Felipe tinha ele não estava autorizado a fazer. Era algo dado somente para os Apóstolos Atos 8: 14 – 17, o homem de Deus tem que ter discernimento I Co. 2: 15 saber até onde vai à autoridade que está sobre ele. O fato de ele pregar, curar enfermos, expulsar demônios há determinadas coisa que ele não pode fazer ITm. 5: 22ª. Por isto a igreja de Deus é dirigida por Ministérios Ef. 4: 7 – 12; ICo. 12: 27 – 30.

ATOS 8: 18 – 21: Quando vemos alguém pregar com muita unção e sabedoria logo imaginamos este homem tem uma grande formação teológica, logo acreditamos que a Faculdade de Teológica é o melhor caminho para se tornar um grande pregador, ou seja, quem tem dinheiro para investir em conhecimento com certeza fará uma obra maior João 14: 12.
Pregar a Palavra, ensinar, fazer milagres, curar enfermos e expulsar demônios tudo isto é dom ICo. 12: 1 – 11 não se compra vem de Deus é Graça IICo. 12: 9. É lógico, o homem que faz cursos teológicos certamente vai ter mais conhecimento, se juntar tudo isto com a unção a graça e o poder certamente o tamanho da obra será maior, mas é necessário buscar primeiro a unção, a graça e o poder ler Bíblia, mas muita Bíblia Ez. 3: 1 – 3; IITm. 3: 14 – 17; IITm. 2: 15.
Quantos compram cargos nas igrejas, compram títulos acreditando que estão fazendo um bem para a obra de Deus Atos 8: 20 e 21; Lc. 11: 52.

ATOS 8: 22 – 25: Errar é humano e todos erram, para ser perdoado é necessário haver arrependimento, Pedro aconselha Simão a se arrepender Lc. 3: 7 e 8. Pedro viu nele uma obra de Satanás, pois Satanás tinha enchido o coração daquele homem fazendo com que ele olhasse a obra de Deus como um comércio, um negócio.
Quantos vêem a obra de Deus como um comércio, lugar de comprar bens materiais, lugar de conquistar riquezas, por ventura Satanás não está por trás destas doutrinas. Observamos que Simão não orou por si pedindo perdão, mas pediu a Pedro orar por ele, humildade, ele reconheceu a autoridade de Pedro e sabia que Pedro andava com Deus e com certeza se Pedro intercedesse por ele seria perdoado IICr. 20: 20; Ex. 32: 1 – 14.

FELIPE E O EUNUCO
ATOS 8: 26 – Observamos que o anjo indica a Felipe o lugar que ele deveria ir, mas não disse o que ele iria fazer lá Dt. 29: 29.

ATOS 8: 27 – Felipe não sabia o que ia fazer lá, mas logo observou o eunuco, discernimento: observar, ver o momento certo e ver o alvo a ser atingido pela Palavra de Deus, esta é a marca de um grande Evangelista.

ATOS 8: 28 – O eunuco lia o livro do profeta Isaias, quem le o livro do profeta Isaias está interessado em saber sobre o Cristo, é isto que as pessoas que não são crente querem. Eles querem conhecer Cristo, eles precisam saber sobre Cristo, eles desejam ter Cristo nas suas vidas. Todos os homens de Deus que tem conhecimento sabem disto. É Cristo que tem que ser pregado não há outro nome, não existe outro nome, o mundo precisa de Jesus Cristo
Mt. 16: 13 – 16; Fp. 2: 9- 11

ATOS 8: 29 e 30: Observamos que Felipe não tomou nenhuma atitude até ouvir do Espírito Santo, Felipe não atropelou, não bombardeou o eunuco com a Palavra, Felipe usou a sabedoria perguntando se ele entendia o que estava lendo, isto nos ensina que antes do ataque devemos ter conhecimento do momento e trazer a Palavra adequada ao momento. Pv. 15: 23; Pv. 25: 11.

ATOS 8: 31 – As pessoas que estão no mundo, os novos convertidos precisam de pessoas que conheça a Palavra para ensiná-los, por isto a importância não só do evangelismo, mas sim dos discipulados do ensino de casa em casa das células IITm. 4: 1e 2.

ATOS 8: 32 – 34: Quantos estão por ai sem luz sem entendimento não conseguem compreender as escrituras, e não conseguem ver Cristo nas escrituras IICo. 4: 3 e 4.
Infelizmente até nos púlpitos temos visto pessoas pregando ensinando sobre profetas, mas não sobre o Cristo das escrituras. São pregadores cegos que ainda não conseguiram enxergar Cristo nas escrituras Ap. 3: 17; João 9: 39.

ATOS 8: 35 – Filipe nos da exemplos que tipo de pregação nós temos que fazer nas ruas, nas casas, nas células, nos discipulados, nas aulas dominicais, nos cultos de doutrinas e nos cultos de adoração
 ICo. 2: 2; ICo. 1: 18 – 24; Cl. 2: 1 – 3.

ATOS 8: 36 – 38: O desejo do batismo nas águas pelo eunuco mostra claramente o interesse deste homem de nascer de novo IICo. 5: 17; Rm. 6: 4 – 8. O eunuco pergunta o que o impede de ser batizado, com certeza não era falta da água. Se esta pergunta fosse feita hoje o pastor ou o líder iria dizer você precisa se libertar dos vícios, do mundo do pecado tem que passar por um curso de no mínimo dois anos, tem que ser acompanhado durante dois anos por um obreiro e muito mais. A exigência para o batismo são muitas que o novo convertido desiste no meio do caminho
Mt. 23: 1 – 4; IRs. 12: 1 – 14. Qual foi a exigência de Filipe para o homem se batizar: Apenas crer em Jesus
Atos 8: 36 – 38; para Pedro basta o arrependimento Atos 2: 37 – 41.

ATOS 8: 39 e 40 – Depois de ter concluída a obra Filipe foi arrebatado, este entendimento é de sentido literal, Filipe foi transportado para outro lugar. Observamos que Filipe não viu mais o eunuco, mas se alegrou por Deus usá-lo na obra, na vida do eunuco. Vejamos antes de o anjo indicar um lugar para Filipe ir, ele estava fazendo uma grande obra, sinais e prodígios, cura e libertação multidões estavam se convertendo através de uma Palavra tremenda Atos 8: 5 – 8 e agora vemos Filipe alegre por fazer uma obra em apenas uma pessoa Atos 8: 26 – 39. É assim mesmo, o homem de Deus é chamado para pregar para muitos e para poucos. O homem se alegra não porque prega para multidões ou para poucos ele se alegra de ser usado pelo Senhor
 IICo. 12: 1 – 9.

PR. Ev. Sérgio Voltar para o mergulhando

Leia os outros capítulos: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25 26 27 28                          
dizimo


BUSQUE NO SITE:




DEIXE SEU RECADO:



PARTICIPE DA NOSSA COMUNIDADE NO ORKUT:

Participe de nossa comunidade no Orkut.

Amazing Counters

Já visitaram


© 2009 PALAVRAS DA VIDA - SUA IGREJA NA INTERNET | Todos os dirseitos reservados |